You are currently browsing the tag archive for the ‘Curiosidades’ tag.

Uma correção: no post anterior, sobre o Dia do Selo, havia uma informação errada. Mas graças a uma amiga especial, o post já está corrigido.

Segundo o site “Guia dos Curiosos”, o Brasil foi o terceiro país a implantar o selo postal. Mas esta informação está errada. De acordo com o site dos Correios, o Brasil foi o segundo país. O primeiro foi a Inglaterra, com o Penny Black.

Como a pessoa aqui não é especialista no assunto, peço desculpas aos filatelistas 😉

Você já viu um banco em formato de postal? Veja essa curiosidade diretamente da Inglaterra:

Localizado nos jardins de um hospital em Bristol, Inglaterra, este banco reflete um cartão postal enviado por um paciente:

Muito interessante! 🙂

Veja outros banco inusitados clicando aqui.

Já postei aqui no blog, algumas matérias sobre postais inusitados, como o postal de madeira, os postcardens e o travesseiro em formato de postal. Hoje, trago uma outra novidade: os Postcups! Trata-se de pequenos copos de cerâmica, ou pequenas xícaras sem alça, que podem ser enviados como cartões postais.

De um lado, mensagens como “Love You”, “Thinking of you” ou simplesmente um “Hi”. Do outro lado, um desenho igual à um cartão postal, onde você pode personalizar a mensagem com até 100 caracteres. O criador desta novidade, o designer Re Jin Lee, é quem escreve no Postcup, e você ainda pode escolher a cor da caneta: preta ou azul.

Os Postcups estão à venda nos sites Etsy e Generate Design e custam em média 49 dólares.

#

Fonte: obravipblog, Bem Legaus

Continuando as homenagens ao Dia do Cartão Postal, nosso amigo jornalista, historiador, e claro colecionador, José Carlos Daltozo, escreveu um artigo sobre os 130 anos do Cartão Postal no Brasil. O texto foi baseado no seu livro “Cartão-Postal, Arte e Magia”, editado em 2006.

O texto já pode ser acessado em Artigos, ou se preferir, basta clicar aqui.

Ele está completando 130 anos no Brasil! Hoje, dia 28 de abril, é o Dia Nacional do Cartão Postal!

O Brasil instituiu o cartão-postal pelo Decreto nº 7695, de 28 de abril de 1880, proposto pelo Ministro da Agricultura, Comércio e Obras Públicas, conselheiro Manuel Buarque de Macedo.

“Segundo Vossa Majestade Imperial se dignará ver, a primeira de tais alterações é a que estabelece o uso dos bilhetes-postais geralmente admitidos nos outros Estados e ainda em França, onde aliás houve durante algum tempo certa repugnância ou hesitação em os receber; os bilhetes-postais são de intuitiva utilidade para a correspondência particular, e, longe de restringir o número de cartas, como poderá parecer, verifica-se, ao contrário que um dos seus efeitos é aumentá-lo. Na ocasião ocupava a Direção da Repartição dos Correios, Luís Plínio de Oliveira, nomeado para o cargo em 1865, depois de ter publicado três anos antes, o “Relatório sobre a Organização dos Correios da Inglaterra e França”.

Já os postais publicitários não se tem uma data precisa. Porém no século XX ganharam bastante espaço, pois a fotografia começou a ser fortemente disseminada em postais.

Existem na Internet diversos textos a respeito dos cartões postais. Alguns em português, outros em inglês. Livros também contam um pouco da história deles. A partir de hoje, teremos em nosso blog a seção Artigos (no topo do nosso blog), com links para diversos textos, entrevistas e curiosidades que estejam relacionados ao mundo dos cartões postais, e claro dos postais publicitários. Você já pode ir lá dar uma espiadinha 😉

#

Fonte: Wikipédia.org
Colaboração: José Carlos Daltozo

Você que já viu postal de madeira, couro, ou até um postal que se transforma em jardim, precisa conhecer mais essa novidade.

Um travesseiro em formato de cartão postal! E você ainda pode personalizar. Os travesseiros são feitos artesanalmente, nos mínimos detalhes, e estão à venda no site Etsy, comunidade onde vários artesãos vendem seus produtos. Você é quem define o endereço, o destinatário e a mensagem (texto e qual posição ficará). E ainda vem com um selo, também criado artesanalmente.

#

Como vivemos hoje num mundo de e-mails, mensagens instatêneas e redes sociais, essa é uma boa opção para enviar uma mensagem especial à alguém, além de ser um belo presente!

#

Fonte: Chicclete, Etsy

Para quem não sabe, no último dia 23 foi comemorado o Dia Mundial do Livro. Aproveitando esta data, resolvi postar aqui no blog alguns livros com o tema de postais. Já conhecia alguns, mas fui procurar na Internet outras opções e acabei encontrando algumas bem interessantes. Tem de tudo um pouco!

#

CURIOSIDADES E ANTIGUIDADES

No tema história, temos um livro muito bom: A Propaganda no Brasil através do cartão-postal: 1900-1950, é uma viagem no mundo da publicidade. O livro é composto por 400 páginas, com mais de 2.000 ilustrações de cartões-postais de propaganda, colhidos pelo colecionador Samuel Gorberg em parceria com outros colecionadores. O livro é dividido em capítulos por segmento de produto ou mercado: comercio, diversão, esporte, imprensa, religião, política.

Como é um livro com poucos exemplares, você só consegue em sebos ou consultando em bibliotecas especializadas em comunicação.

#


DIVERSÃO

Algumas publicações, além de ensinar sobre algum tema específico para crianças, mostram o universo dos postais.

E esta opção é bem interessante: Coleção Livro-Postal da Turma da Mônica, dos mais variados temas. Possuem postais que podem ser destacados e enviados para os amiguinhos. Não sei se ainda existem para venda, mas a editora é a Ediouro.

#


BOXES COM POSTAIS

Não são conhecidos como livros, porém você irá encontrá-los em livrarias virtuais. Existem vários à venda no site Amazon. Vou mostrar um deles, que tenho e acho um máximo!

Este box, The Art Of Pixar: 100 Collectible Postcards, é uma caixinha com 100 postais. Neles, diversas imagens dos filmes da Pixar: Procurando Nemo, Robôs, Toy Story, Os Incríveis, Monstros S/A,  e entre outros. Eu tenho, e inclusive adorei!

Este box você encontra facilmente no site Amazon, pois trata-se de um produto importado. Mas é possível comprá-lo também no site Submarino, porém deverá ter paciência: nem sempre está disponível e o prazo de entrega é bem demorado: cerca de 52 dias.

#


POSTCARDS BOOKS

Outra opção interessante, são os Postcards Books: pequenos livros que possuem postais destacáveis. Existem diversos temas: artes, filmes, fotografias, etc. O problema é que a grande maioria é importada. Veremos aqui 3 opções bacanas:

Este do filme Harry Potter e o Inigma do Príncipe possui 32 postais e foge um pouquinho do padrão 10 x 15 cm. Está disponível na Livraria Saraiva. Mas este não comprei, ganhei de presente :mrgreen:

#

Já estes, também estão disponíveis na Livraria Saraiva. São pequenos livros com 30 postais de pintores famosos, como Salvador Dali, Van Gogh, Joan Miró, Gustav Klimt entre outros. A editora é a Taschen. Eu tenho o do Vicent van Gogh, que é maravilhoso!

#

E para terminar: CowParade! Para quem não sabe, é o um dos maiores eventos de arte pública no mundo. São esculturas de vacas em fibra de vidro, decoradas por artistas locais e distribuídas pelas cidades, em locais públicos como estações de metrô, avenidas e parques. Após a exposição, as vacas são leiloadas e o dinheiro é entregue para instituições de beneficentes. No site oficial do CowParade, você encontra diversas miniaturas das vacas, e também um postcard book, contendo 26 postais de algumas delas!

Nosso blog foi parar em outro! Calma, eu explico:

O site Koleções, é uma rede de colecionadores, criado por Tarcila Zonaro e Charles Antunes para o Trabalho de Conclusão do Curso de Jornalismo, do Centro Universitário Sant’Anna. Seu principal objetivo é aproximar e relatar histórias de colecionadores de todo o Brasil.

E aí, o nosso blog foi parar lá. A Tarcila fez uma entrevista comigo, e contei algumas coisas a respeito da minha coleção e do nosso blog.

Junto com eles, iremos sortear um brinde, para comemorar nosso aniversário! Mas aguardem… até semana que vem divulgaremos! :mrgreen:

Vejam a matéria aqui: http://bit.ly/buqnY6

Notícia enviada por Gustavo Ogando:

#

Os Postcarden, são cartões postais dobrados que possuem sementes. Ao serem desdobrados e montados, basta colocar água e terra, que serão transformados em pequenos jardins. São três modelos diferentes: Allotment, Botanical e City, e custam cerca de R$ 20,00.

Os cartões postais foram criados pela empresa inglesa A Studio for Design, que procuram desenvolver presentes que tenham apelo para todas as idades. O foco, segundo a empresa, é criar produtos que correspondam com os clientes e também o ambiente em que vivem.

Maiores informações no site: www.postcarden.com

#

Fonte: Revista PEGN, Beautiful Paper
Colaboração: Gustavo Ogando

Ontem, ao postar a matéria do projeto Kabum! Mix, algo me chamou a atenção. Um dos trabalhos, que usa o jogo de dominó como conceito, se parece muito com um outro postal, do projeto Correios Contra Aids – postado aqui no blog no dia 13 de fevereiro. Quem copiou o conceito de quem (se é que houve a cópia), não faço a menor ideia! Só sei de uma coisa: nós colecionadores vamos querer todos os dois trabalhos! :mrgreen:

Postal da Campanha Correios Contra Aids

Postal do projeto Kabum Mix!

O primeiro trabalho, criado pelo chargista Spacca, é da campanha Correios Contra Aids, lançada a poucos dias antes do Carnaval. Já o segundo, do projeto Kabum! Mix (matéria postada ontem), usa a mesma ideia do anterior, porém com o recurso da fotografia.

Alguma semelhança entre os trabalhos, ou é mera coincidência? Tirem suas próprias conclusões.

#

Museu localizado no Pelourinho, guarda a história da Bahia e de outros estados através de cartões postais.

Um museu só com cartões postais. Sim, ele existe! Fica em Salvador, e conta com cerca de 45 mil peças. O Museu Tempostal foi fundado em 1997, e possui peças resultantes da coleção do fundador, o sergipano Antônio Marcelino do Nascimento (13/06/1929 – 22/11/2006). A ideia do nome “tempostal” foi dada pelo próprio Antônio.

Acervo Museu Tempostal / Dimus Bahia.

O acervo, na sua grande maioria, é composto por cartões postais. Destaque para coleção da Belle Époque, postais paisagísticos antigos, de cidades da Bahia e de outros estados, além de imagens diversas de outros países. Mas a coleção também conta com bilhetes postais, que datam do final do século XIX, e as estampas Eucalol, as primeiras da coleção e que têm valor histórico, artístico e documental. Todo este acervo guarda histórias, costumes, o cotidiano, a arquitetura e os credos tanto da Bahia quanto de várias partes do mundo.

Atualmente o museu possui três mostras de longa duração:

Bahia – Litoral e Sertão: A formação geopolítica e econômica da Bahia foi influenciada pelo intercâmbio do litoral com a região sertaneja. Essa relação, desenvolvida entre duas regiões distintas da Bahia, é o tema da exposição, com postais e fotografias datadas do início do século XX.

Arquitetura religiosa na Bahia: As tendências do Barroco, do Rococó, marcaram a arquitetura religiosa da influente Igreja Católica, que ocupou um papel importante na política e administração do Brasil colonial. A partir de 75 imagens, a exposição conta parte dessa história.

Pelos caminhos de Salvador: Apresenta imagens que retratam as diversas transformações, iniciadas em fins do século XIX, ocorridas no tecido urbano da cidade. Bairros como Campo Grande, Barra e o Centro Antigo de Salvador podem ser vistos como eram no período em que surgiram.

E tudo isso pode ser visitado gratuitamente!

Museu Tempostal:
Rua Gregório de Matos, 33 – Pelourinho, Salvador/BA. Funcionamento: terça a sexta, de 10 às 18h. Finais de semana e feriados, das 13 às 17h.

#

Fonte: SalTur, Secretaria de Cultura da Bahia
Agradecimentos: Carla Bahia – Núcleo de Comunicação da Dimus | Ipac

A moda agora é pendurar postais como cordão! Calma, vou explicar:

Na última semana de novembro aconteceu o desfile do Ponto Zero, concurso que tem como objetivo descobrir novos profissionais da moda, na categoria estilista empreendedor.

Um dos participantes, o profissional Bruno Campos, usou cartões postais pendurados em cordões, como acessório. Abaixo, um texto explicativo retirado do site L’Officiel Brasil:

Bruno Campos, inspirado por viajantes, imigrantes e turistas, deu forma a coleção “El Viajero”. Sobre tecidos com aspecto plastificado, o estilista criou saias e calças plissadas, tudo muito moderno e fluído. As cores variavam entre o marrom, o nude, o vermelho e os tons queimados de azul, de roxo e amarelo. Costuras cartográficas e desenhos paisagísticos transmitiam um senso geográfico às peças, bem como os acessórios, compostos basicamente por cartões postais suspensos por correntes douradas. Destaque para os vestidos com bordados narrativos em paêtes que conferiram às peças muito brilho e beleza.

#

Eu já vi várias criações com postais: mural na parede, preso no quadro de fotos, dobraduras de papel e até caixinhas! Mas nada parecido como isto (risos). Já pensou se esta moda pega… 😆

#

Imagens: Marcelo Soubhia/Ag Fotosite
Fonte: L’Officiel Brasil, Ponto Zero, Casa dos Criadores

Todo colecionador tem suas manias, curiosidades da sua coleção, ou histórias pra contar. O link a seguir do site Guia dos Curiosos, mostra um vídeo da publicitária Chris Rother, colecionadora de cartões postais.

Os temas são os mais variados: cartoons, animais, natureza e até GLS.

Para ver o vídeo, clique aqui.

Obs: Além de cartões postais, ela coleciona também postais publicitários. Inclusive alguns mostrados no vídeo eu conheço 🙂

Pinturas de humor erótico achadas no lixo são leiloadas por quase R$ 7 mil

Des Hudd descobriu as pinturas em um saco de lixo e decidiu guardá-las. Elas tinham sido usadas em cartões eróticos ou politicamente incorretos.

postal-phil

Vinte e cinco pinturas originais de Phil Millar, que viraram cartões postais de humor erótico ou politicamente incorretos, foram vendidas por mais de 2.250 libras (cerca de R$ 6,9 mil) em um leilão no início deste mês, segundo reportagem do jornal inglês “The London Paper”.

Os cartões com as pinturas de Millar, que usava o pseudônimo Pedro, foram muito populares nos anos 60 e 70.

As pinturas quase foram perdidas depois que foram jogadas em uma caçamba de entulho em Calne, no Reino Unido, em 1989.

Mas Des Hudd, de 69 anos, dono de uma empresa que recolhe entulho, descobriu as pinturas em um saco plástico e decidiu guardá-las.

“Eu sempre fui um fã dos postais”, disse ele, destacando que eles mostram como o humor era insinuante nos anos 60.

* A imagem acima foi uma das pinturas leiloadas pela casa de leilões ‘Warwick and Warwick’. (Foto: Reprodução)

#

Fonte: G1/planetabizarro

Para quem não tem a menor noção quantos postais da Johnnie Walker existem por aí (inclusive eu rs), estes vídeos do YouTube podem ajudá-los:

 

 

Fontes: Orkut, YouTube
Colaboração: Carlos Perdigão

Breve resumo

LAURA RANGEL
Rio de Janeiro-RJ

Colecionadora e apaixonada por publicidade, uso este espaço não só como um hobby, mas também como forma de aproximar as empresas de postais, agências de publicidade, amigos colecionadores e curiosos!

laurapostais@yahoo.com.br

Arquivo

Empresas de Postais

Bee Media Circulô Cartões Postais Jokerman Postais Publicitários
ME - Mídias Especiais MiCA Postais Publicitários PopCards Postais Publicitários

Sua empresa não está aqui? Entre em contato!

Flickr Galeria



OUTDOOR

POP CARD

1442

Studio Cristina Mutarelli

Mais fotos

Twitter


Follow lalyrangel on Twitter

%d blogueiros gostam disto: